Ir. Eliane Raimundo apresenta o GRENI da CRB nas aulas de Ética da FASBAM

Na terça-feira, dia 15 de março, durante a disciplina de Ética ministrada pelo Prof. Dr. Irineu Letenski para os estudantes do segundo ano do Curso de Filosofia da FASBAM, a assessora executiva da Conferência dos Religiosos do Brasil – Regional Curitiba, a Ir. Eliane Raimundo, apresentou sobre o Grupo de Religiosos Negros e Indígenas (GRENI).

A Ir. Eliane destacou para os estudantes que o GRENI é um espaço que tem por objetivo possibilitar aos religiosos e religiosas afrodescendentes e indígenas uma maior conscientização sobre a própria identidade, como caminho para valorização da negritude e dos valores próprios das tradições afro-indígenas.

Além disso, a Ir. Eliane apresentou algumas ações da CRB, como Grupo das Novas Gerações e a Rede um Grito pela Vida que atua contra o abuso, exploração sexual e tráfico de pessoas. Sobre isso também foram disponibilizados na Biblioteca da FASBAM diversos materiais gráficos para os estudantes com diversas informações.

Segundo o Prof. Irineu: “Grande parte dos estudantes de filosofia da FASBAM fazem parte da Vida Consagrada Religiosa e a presença da Ir. Eliane em nosso meio contribuiu muito para a conscientização de todos sobre a identidade brasileira e sobre a importante atuação do GRENI.” 

Para o estudante Alisson da Rosa Colombo, religioso da Pequena Obra da Divina Providência e estudante do 2º ano do Curso de Filosofia da FASBAM: “Eu ainda não conhecia todos os grupos de atuação da CRB e saber assuntos tão latentes na nossa sociedade que precisam de uma atenção especial principalmente de nós, religiosos, nos ajuda a nos inteiramos do que acontece além da nossa congregação.” Alisson também destacou que: “A importância da discussão desses temas em um curso de filosofia porque ela engloba a todos e se nós nos fecharmos apenas em um ponto ou perspectiva, com certeza nós não atingiríamos o objetivo que nos é proposto. Por isso, estar inteirado dos grupos da CRB é poder contribuir com toda a sociedade.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.