Arquivos de Categoria: Posts do Blog de Filosofia

Santo Tomás de Aquino e os hábitos

Somos feitos no caminho e não no final. Ao longo de nossas vidas, podemos optar por nos tornar mais plenamente humanos ou menos. Somos feitos para viver uma vida boa, conhecer a verdade sobre Deus, cultivar amizades, contribuir para a política. Essas coisas são amplamente consideradas atraentes e, no entanto, pode ser extremamente difícil viver […]

Uma introdução ao estoicismo: por que a filosofia antiga é essencial para a vida moderna?

Quando a maioria das pessoas pensa em “filosofia”, o brilho de seus olhos desaparece. É a última coisa que elas querem, muito menos algo que elas precisam. Mas isso, como você já sabe, é bobo e ingênuo. Filosofia não é apenas falar ou dar palestras, ou mesmo ler livros longos e densos. De fato, é […]

Santo Tomás de Aquino e os poderes da alma

Santo Tomás refere-se à pessoa humana como o horizonte da criação, o encontro do céu e da terra. Então, somos seres compostos, almas corporificadas com uma composição complexa. No entendimento de Aristóteles e Santo Tomás, a alma é exatamente o que faz um ser vivo estar vivo. Anima ou informa o corpo. Além disso, a […]

Criação ou evolução?

Alguém pode se perguntar: a criação do mundo e do homem pode ser entendida sob a perspectiva evolucionista? Aqui encontramos uma questão que atravessa o tempo e que nem sempre é respondida, talvez, não como os defensores destes dois pontos de vista pretendem, mas aqui partiremos de uma perspectiva complementar, na qual despolariza estas duas […]

3 conselhos dos estoicos: Memento Mori, Premeditatio Malorum e Amor Fati

1. Memento Mori: Medite sobre sua mortalidade “Vamos preparar nossas mentes como se tivéssemos chegado ao fim da vida. Não adiamos nada. Vamos equilibrar os livros da vida todos os dias… Quem dá os retoques finais em sua vida todos os dias nunca fica com pouco tempo.” Sêneca A citação de Sêneca acima faz parte […]

Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida sobre Gregório de Nissa: a inteligência e a questão da mediação

Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida O Padre Capadócio, Gregório de Nissa (335–c. 394), centra as suas análises sobre o intelecto (νους) a partir de uma dupla expressão: há o intelecto divino e o intelecto terrestre, ou humano, que aspira a participar da vida e do conhecimento de Deus. Convém, todavia, notar que Gregório de […]

Santo Tomás de Aquino sobre o bem e o mal

Qual é o significado do termo “bem”? Para Santo Tomás de Aquino, essa ideia é absolutamente central. E a primeira coisa a se notar é que é um termo analógico. Ou seja, não há apenas uma definição do termo “bem”. Nós o usamos de maneiras diferentes que são análogas umas às outras. Segundo Santo Tomás […]

Mais 3 ações práticas dos estóicos para você começar ainda hoje

Vire o obstáculo de cabeça para baixo “Escolha não ser ferido e você não se sentirá ferido. Não se sinta prejudicado e você não foi.” – Marco Aurélio Os estoicos faziam um exercício chamado Virando o Obstáculo de Cabeça para Baixo. O que eles pretendiam fazer era tornar impossível não praticar a arte da filosofia. […]

Santo Tomás de Aquino e o realismo moderado

Uma grande questão da filosofia é: o que permite que eu reconheça uma individualidade como pertencente a um determinado grupo? Tomemos, por exemplo, os cães. Eles possuem a “essência cão”. Independentemente de quão cientificamente conhecemos a composição genética de um cão, temos uma noção do que é a “essência cão” e podemos reconhecê-la quando a […]

3 ações práticas dos estóicos para você começar hoje

1. A Dicotomia do Controle “A principal tarefa da vida é simplesmente a seguinte: identificar e separar os assuntos para que eu possa dizer claramente a mim mesmo quais são os aspectos externos que não estão sob meu controle e que têm a ver com as escolhas que eu realmente controlo. Onde, então, procuro o […]

Santo Tomás de Aquino sobre opinião, dúvida, conhecimento e crença

Como entendemos o ato que um cristão faz quando ele diz: “eu creio”? Isso é puramente baseado em algum tipo de sentimento ou em uma convicção interna subjetiva do coração? Alguns céticos argumentam que, como não vemos diretamente a verdade das coisas em que acreditamos, acreditar é fundamentalmente irracional ou algo irracional a se fazer. […]

Quais são os melhores livros sobre estoicismo?

Meditações de Marco Aurélio Meditações é talvez o único documento desse tipo já feito. São os pensamentos particulares do homem mais poderoso do mundo dando conselhos a si mesmo sobre como cumprir as responsabilidades e obrigações de suas posições. Marco parava quase todas as noites para praticar uma série de exercícios espirituais – lembretes criados […]

Filosofia da religião e a descrição do símbolo

Neste texto, teremos uma breve abordagem dos símbolos e de seus significados, salientando as diferenças com seus semelhantes, e acentuando suas características a partir da obra de José Severino Croatto, intitulada: As linguagens da experiência religiosa. Quando falamos em símbolo, pensamos em muito, mas ao mesmo tempo não definimos nada, pois o símbolo ele é […]

Críticas de Bacon a Aristóteles e aos sofistas

“No plano de sua [de Bacon] sustentação filosófica, duas premissas são postas: a do racionalismo, como afirmação radical da autonomia e do poder da razão humana como único instrumento do saber verdadeiro, e a do naturalismo, como afirmação de que a natureza esgota a realidade, devendo conter em si mesma sua própria explicação”. (SEVERINO, 2006, […]

Santo Tomás de Aquino e os três atos da mente

Um dos pontos mais importantes da filosofia de Aristóteles e Tomás de Aquino é que a realidade é feita para ser conhecida e a mente humana é feita para conhecer a realidade. As coisas são feitas para serem conhecidas porque têm formas ou essências, e suas formas ou essências são o que sabemos quando conhecemos […]

Open chat