Dissertatio – Revista de Filosofia publica mais um artigo do Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida

O filósofo e teólogo Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida teve o artigo Søren Kierkegaard: a mediação e o paradoxo do “salto da fé” publicado pela Dissertatio – Revista de Filosofia da Universidade Federal de Pelotas. 

Segundo o filósofo, estas reflexões têm como objetivo principal analisar o paradoxo do “salto da fé” na filosofia de Kierkegaard e, mais especificamente, na obra intitulada: Temor e tremor (1843). Este paradoxo, o teólogo o situa naquilo que ele denomina o “estágio religioso” que, à diferença dos estágios estético e ético, é infenso a todo argumento e a toda mediação racional. Esta é a razão pela qual, depois de apresentar uma breve visão do paradoxo na filosofia e na teologia, eu procederei a uma análise deste conceito em Kierkegaard ligando-o mais precisamente à doutrina do “salto da fé”. Ao mesmo tempo, enfatizarei a impossibilidade de se definir o paradoxo, dado que ele escapa a toda tentativa de compreensão lógica, discursiva, racional. Isto se verifica particularmente em Temor e tremor, onde Abraão é mostrado como o “cavaleiro solitário da fé” que, à diferença do herói trágico, não recorre a nenhuma mediação ou explicação de caráter lógico, mas simplesmente caminha com uma única determinação: responder ao comando divino e, portanto, realizar a empresa absurda de sacrificar seu próprio filho, Isaac.

Confira o artigo, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat