Comunicação e as novas tecnologias

Analisando de forma filosófica, vemos ao longo da história, a necessidade do homem em se comunicar e relacionar com o outro para se desenvolver e adquirir o conhecimento. E cada vez mais os meios tecnológicos de comunicação vem nos ajudando para uma plena comunicação e também para aumentar nossos conhecimentos.

Fazendo uma relação do artigo de José Moran intitulado Novas tecnologias e o re-encantamento do mundo[1] com a situação atual a qual estamos vivendo, quando ele fala que com as tecnologias só precisaríamos sair de casa quando quiséssemos, quando olhamos para a realidade de hoje podemos ver isso se tornar realidade. Muitos trabalhadores estão em casa, desenvolvendo muito bem seu trabalho, entramos no site do supermercado e fazemos as nossas compras sem mesmo precisar sair de casa e também nossas contas estão sendo pagas diretamente pelos aplicativos bancários, sem mesmo precisarmos correr o risco de se contaminar ao ir em uma casa lotérica ou em algum lugar parecido. Com tudo isso faz com que o ser humana se sinta pleno através da tecnologia a sua volta, tendo acesso a tudo que lhe é possível, que quando não tem acaba se frustrando.

Não se vê mais a tecnologia como algo virtual e fora da realidade, agora a tecnologia faz parte de nossa realidade e sem ela, em alguns casos, as pessoas não se veem capazes de sobreviver, dessa forma se tornou não algo descartável, mas parte da vida real. Assim, vemos nossas vidas modificas em poucos anos, antes não nos sentíamos capazes de nos relacionar com as pessoas hoje eu arrisco em dizer que mais da metade de nossas relações são feitas de forma virtual. Até nos comunicamos mais com as pessoas, chegamos àqueles que estão do outro lado do mundo devido as tecnologias e, apesar desse contado ser bom, muitas vezes acabamos esquecendo de comunicarmos com aqueles que estão ao nosso lado.

Relacionando esse ideia de reencantamento que o autor nos traz, enquanto capacidade de nos tornarmos pessoas plenas , com a filosofia, vemos que o homem que sempre esta buscando a plenitude da vida, podemos dizer que essa plenitude que ele sempre busca é ter o domínio das coisas, ele quer ser de certa forma um deus, e em alguns momentos a tecnologia, quando não usamos de uma maneira fútil, nos dá o domínio das coisas assim nos faz plenos. Mas como nos mostram vários de nossos filósofos, o ser humano nunca está pleno, está sempre buscando isso, sem nunca se satisfazer, então as tecnologias de comunicação apesar de ajudar o homem a chegar perto da plenitude, também não vai satisfaze-lo.

[1] MORAN, J. M. Novas tecnologias e o re-encantamento do mundo. Tecnologia Educacional. Rio de Janeiro, vol. 23, n. 126, p. 24-26, set./out. 1995.

Autor: Jefferson da Costa Fernandes é estudante da turma do 2º ano do Curso de Filosofia da FASBAM e seminarista da Arquidiocese de Curitiba.

Se você gostou deste texto, não esqueça de compartilhar com seus amigos e de deixar seu comentário porque realmente importa o que você pensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat