Rito Bizantino Ucraniano no Brasil: história, trajetória e desafios atuais

A Revista Ciberteologia, em seu mais novo número (68), publicou o artigo escrito pelo Pe. Teodoro Hanicz, OSBM, coordenador dos cursos de filosofia e professor da FASBAM, intitulado: Rito Bizantino Ucraniano no Brasil: história, trajetória e desafios atuais, no dossiê: Ritos Orientais no Brasil.

Segundo o Pe. Teodoro, o objetivo do artigo é analisar a longa trajetória do rito bizantino desde Constantinopla, como foi adotado por Kyiv e como veio para o Brasil. Nesse caminho, o rito foi se adaptando à cultura dos antigos povos e moldando a face ucraniana. O texto mostra que a proximidade da cultura e da religiosidade ucranianas com a cultura e com a religiosidade bizantinas tem uma longa história. Essa longa história foi trazida para o Brasil pelos imigrantes que vieram a partir do final do século XIX e início do século XX e aqui se perpetua por meio da (re) construção e reprodução do cosmos religioso vivido na Ucrânia e materializado na arquitetura das igrejas, na arte iconográfica e nas celebrações litúrgicas. No seu percurso histórico pelas culturas e realidades diferentes, o rito bizantino se adaptou, perdeu e ganhou elementos, conviveu com desafios e antagonismos e, ainda assim, continua pulsando vigorosamente na comunidade ucraniana brasileira.

Você pode ler o artigo e conferir as outras temáticas sobre os Ritos Orientais no Brasil fazendo o download da revista clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.