Prof. Dr. Gilson Maicá de Oliveira publica livro pela Editorial Académica Española

Após ter concluindo o seu doutorado em lógica e epistemologia pela Universidade Federal de Santa Catarina no ano passado, o Prof. Dr. Gilson Maicá de Oliveira publicou o seu mais novo livro, intitulado: Paraconsistência e Metamorfoses da Razão Científica: uma perspectiva não clássica da racionalidade, pela Editoral Académica Española.

Segundo o autor, dos diversos problemas relativos aos fundamentos filosóficos da ciência, um em particular é o da racionalidade científica. “Duas questões são tratadas em minha obra: a primeira diz respeito a como entender em termos racionais episódios em que cientistas admitem e trabalham com teorias sabidamente inconsistentes, principalmente tendo em vista que abordagens tradicionais da racionalidade pressupõe que a consistência é uma condição necessária à racionalidade. Embora esse requisito pareça ser adequado nos contextos em que se supõe que a lógica subjacente seja a lógica clássica, ela falha em prover uma adequada imagem dos produtos da ciência. A segunda segunda questão diz respeito a aparente falta de cumulatividade no desenvolvimento da ciência, isto é, como entender em termos racionais a presença de mudanças teóricas radicais, como é o caso da passagem da mecânica clássica para a relativista. Essas questões são tratadas aqui do ponto de vista da lógica paraconsistente e da teoria pragmática da quase-verdade.”, destacou o Prof. Dr. Gilson Maicá de Oliveira.

 “Toda a nossa comunidade acadêmica se orgulha e valoriza a pesquisa, a publicação e a contribuição para o mundo científico do professor Gilson” enfatizou o Prof. Dr. Irineu Letenski, diretor geral da FASBAM.

Graduado em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, mestre e doutor em filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina, Gilson Maicá Oliveira é professor de Lógica e Filosofia da Ciência na Faculdade São Basílio Magno em Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *