Santo Agostinho e os Filósofos Platônicos é tema de conferência do Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida no Simpósio Contra Platonem da UFPR

Entre os dias 06 e 08 de dezembro de 2022, aconteceu o Simpósio “Contra Platonem” na Universidade Federal do Paraná (UFPR). O evento foi organizado pelo Prof. Dr. Roosevelt Rocha, membro do Departamento de Letras Clássicas; e pelo Prof. Dr. Maicon Reus Engler, membro do Programa de Pós-graduação em Filosofia.

Para concluir o evento com chave de ouro, o Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida proferiu a conferência: Santo Agostinho e os “Filósofos Platônicos”. Em síntese, o professor apresentou que do ponto de vista ético, é lícito afirmar que a inclinação de Santo Agostinho com relação aos estoicos, a Platão e ao que ele denomina os “filósofos platônicos” consiste na ênfase que estes pensadores deram à virtude enquanto virtude, ou enquanto excelência que tem sua finalidade em si própria. Quanto ao plano ontológico e epistemológico, é a visão platônica ou neoplatônica dos dois mundos que encontrou sua preferência no autor da Cidade de Deus. De um lado, pois, existe o mundo sensível e, portanto, mutável, caduco, não consistente e não autossuficiente; de outro lado, porém, existe o mundo espiritual e, por conseguinte, imarcescível, imutável e eterno. Mas quem, finalmente, são estes “filósofos platônicos” aos quais se refere Santo Agostinho? É desta problemática, juntamente com as ambiguidades que ela comporta, que nós trataremos.

Assista a conferência completa no vídeo abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *