O papel de Tomás de Aquino no universo “científico” do século XIII

A Veritas – Revista de Filosofia da Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS) publicou o mais recente artigo do Prof. Dr. Rogério Miranda de Almeida, intitulado O papel de Tomás de Aquino no universo “científico” do século XIII.

“Estas reflexões”, afirma o Prof. Rogério, “têm como finalidade mostrar as aporias e dificuldades que afetaram, de maneira essencial, as diferentes tentativas de se erigir uma “ciência da religião” e, mais especificamente, de se lerem “cientificamente” os dados da fé, ou da revelação. Esta é a razão pela qual damos uma atenção especial ao século XIII e, principalmente, ao papel de Tomás de Aquino, quando se intensificaram de maneira mais explícita as relações, e os conflitos, entre a ciência, a filosofia e a teologia. Certo, a ciência de que aqui tratamos é aquela oriunda de Platão – sob a forma da episteme – que marcou toda a tradição do pensamento cristão e culminou no século XIII com a filosofia de Aristóteles. Assim, fez-se necessário percorrer as vicissitudes que, a partir de Platão, pontilharam a história deste conceito e que se acirram a partir do século XII e, principalmente, ao longo do século XIII. A questão, pois, que permanece em suspenso é a de saber se é possível fundar científica e filosoficamente a religião em geral e a teologia em particular.”

Você pode acessar o artigo, clicando aqui.

Sobre a Veritas – Revista de Filosofia: é a primeira revista da PUCRS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul), criada em 1955. Inicialmente, era a Revista da Universidade, tornando-se, com o passar do tempo, a Revista do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Atualmente, é a revista do Programa de Pós-Graduação em Filosofia, nota 6 na avaliação CAPES, indexada nos principais sistemas, plataformas e bases de dados nacionais e internacionais. A revista é quadrimestral e recebe colaborações (artigo, tradução ou resenha) na área de Filosofia, segundo a temática (60%) do respectivo número ou varia (40%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *