A SCIENTIA TRANSCENDENS DE JOÃO DUNS SCOTUS

NOTAS INTRODUTÓRIAS DA PRIMEIRA ESCOLA FRANCISCANA DE PARIS

Autores

  • Luis Evandro Hinrichsen
  • Uellinton Valentim Corsi

DOI:

https://doi.org/10.35357/2596-092X.v4n7p53-81/2022

Palavras-chave:

Metafísica, Atributos transcendentes, Univocidade do ente, Analogia, Scientia Transcenden

Resumo

O presente estudo intenciona investigar a definição dos conceitos de analogia e univocidade, para se ter adequada compreensão do instrumental teórico que Alexandre de Hales, São Boaventura e Duns Scotus utilizam em suas respectivas teorias metafísicas, a saber, o uso de conceitos análogos e unívocos do ente. Com a análise das determinações transcendentes, nesses autores, procuraremos evidenciar aspectos unitivos entre Hales e Boaventura e aspectos singulares destes com a metafísica escotista. Com isso, é possível alcançar conclusões parciais introdutórias ao pensamento dos autores sobre a metafísica entendida como scientia transcendens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

31-01-2022

Como Citar

EVANDRO HINRICHSEN, Luis; VALENTIM CORSI, Uellinton. A SCIENTIA TRANSCENDENS DE JOÃO DUNS SCOTUS: NOTAS INTRODUTÓRIAS DA PRIMEIRA ESCOLA FRANCISCANA DE PARIS. Basilíade - Revista de Filosofia, Curitiba, FASBAM, v. 4, n. 7, p. 53–81, 2022. DOI: 10.35357/2596-092X.v4n7p53-81/2022. Disponível em: https://fasbam.edu.br/pesquisa/periodicos/index.php/basiliade/article/view/361. Acesso em: 23 jul. 2024.