Vitrais e Ícones

apontamentos de uma tradição iconográfica

Autores

  • Elias Feitosa de Amorim Júnior

Palavras-chave:

ícones, vitrais, iconografia, Chartres, Monte Sinai

Resumo

O objetivo desta comunicação é apresentar alguns apontamentos que integram um estudo comparativo entre um conjunto ícones presentes no Mosteiro de Santa Catarina (Monte Sinai, Egito), datados do século XII e um conjunto de vitrais da Catedral de Notre-Dame de Chartres (Eure-Loire, França), também datados do século XII. Escolhemos um conjunto de imagens que tem mesma temática e assim, pretendemos fazer uma análise comparativa, que envolve a composição das imagens, sua estrutura e tradição iconográfica, bem como a abordagem teológica e doutrinal que as evolvem. A abordagem metodológica busca levantar os pontos de contato e de distanciamento que as duas tradições iconográficas apresentam, uma vez que se encontram inseridas não só nas representações da arte cristã, mas também presentes no epicentro de uma história político-religiosa de grande intensidade, implicando nas tensões que envolviam a consagração da ortodoxia ou de seus questionamentos no seio da Cristandade.

Downloads

Publicado

2019-03-11