OS ESTUDOS CTS E A FILOSOFIA DA TECNOLOGIA DE ANDREW FEENBERG

Autores

  • Arilson Pereira do Vale

DOI:

https://doi.org/10.35357/2596-092X.v1n2p63-76/2019

Palavras-chave:

Estudos CTS, Filosofia da Tecnologia, Andrew Feenberg, Neutralidade da Ciência, Determinismo Tecnológico

Resumo

O propósito deste trabalho é apresentar suscintamente o que são os estudos CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade), campo de pesquisa dedicado, entre outras, à análise crítica e interdisciplinar da interação complexa entre ciência, tecnologia e sociedade, questionando a perspectiva que pressupõe uma relação linear entre os mesmos e, por conseguinte, questionando os mitos da neutralidade da ciência e o determinismo tecnológico. Igualmente apresentaremos proposições teóricas do filósofo Andrew Feenberg, em especial sua abordagem sobre a necessidade de “democratização da tecnologia”, pois, conforme Feenberg, a tecnologia é um fenômeno essencialmente social, o que nos possibilita pensar um modelo alternativo de racionalizar a sociedade em direção a formas caracterizadas pela democracia e não pelo controle autoritário.

Downloads

Publicado

2019-07-21