O PROBLEMA GNOSIOLÓGICO DA REPRESENTAÇÃO

IMPACTOS METAFÍSICOS, ANTROPOLÓGICOS E CIENTÍFICOS

Autores

  • Jefferson da Silva
  • Marcius Tadeu Maciel Nahur

DOI:

https://doi.org/10.35357/2596-092X.v5n9p41-55/2023

Palavras-chave:

Conhecimento, Ser, Representação, Modernidade, Sujeito

Resumo

Este texto tem o objetivo de refletir sobre o problema gnosiológico da representação e seus impactos metafísicos, antropológico e científicos. Investiga as bases filosóficas primárias do aspecto gnosiológico da representação, enquanto modelo cognoscitivo da realidade, vislumbrando uma ruptura entre a representação e o ser ao longo de um complexo movimento de transformação nos fundamentos da vida espiritual e intelectual da civilização ocidental, operada na concepção nominalista das coordenadas do universo mental do homem antigo-medieval. Reconhece os efeitos mais notáveis da teoria moderna da representação, a partir da supressão, na sua tecitura, da clássica distinção aristotélica entre três grandes formas de conhecimento, a saber, o teorético, o prático e o poiético, trazendo impactos nas mais diversas realidades naturais, humanas e sociais da vida. Nessa nova primazia, o modelo poiético se apresenta como base suficiente do conhecimento. É nesse modelo que o próprio homem experimenta, por um lado, uma contradição vivida entre seu ser finito e situado, e, por outro, a pretensão de ser uma espécie de fabricador absoluto do sentido. Essa contradição está embutida no âmago do projeto da civilização moderna, que dispõe de instrumentos e recursos para assegurar sua sobrevivência e seu progresso tecnológico, mas assiste em suas inquietudes inevitáveis, de violência e morte, a uma crise profunda do seu universo simbólico e de suas próprias razões objetivas de ser.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24-01-2023

Como Citar

SILVA, Jefferson da; NAHUR, Marcius Tadeu Maciel. O PROBLEMA GNOSIOLÓGICO DA REPRESENTAÇÃO: IMPACTOS METAFÍSICOS, ANTROPOLÓGICOS E CIENTÍFICOS. Basilíade - Revista de Filosofia, Curitiba, FASBAM, v. 5, n. 9, p. 41–55, 2023. DOI: 10.35357/2596-092X.v5n9p41-55/2023. Disponível em: https://fasbam.edu.br/pesquisa/periodicos/index.php/basiliade/article/view/428. Acesso em: 22 jul. 2024.