A ASPIRAÇÃO NATURAL DO SER HUMANO AO CONHECIMENTO E A VIRTUDE DA HUMILDADE EM TOMÁS DE AQUINO

Autores

  • Rafael Koerig Gessinger

DOI:

https://doi.org/10.35357/2596-092X.v4n8p127-153/2022

Palavras-chave:

Tomás de Aquino, Conhecimento, Virtude, Humildade, Aspiração natural

Resumo

Este artigo pretende investigar a possível conexão, no pensamento de Tomás de Aquino, entre a aspiração humana ao conhecimento e a virtude da humildade. Na primeira seção, é analisada a maneira como Tomás de Aquino recepciona e desenvolve o princípio aristotélico de que todo ser humano aspira naturalmente ao conhecimento, passando pela abertura da alma humana aos transcendentais e a Deus como seu fim último. Na segunda seção, examina-se o quadro de instâncias cognitivas com destaque para as relações entre acreditar e conhecer. Na terceira e última seção, analisa-se o tratado da temperança na Suma de teologia com foco na virtude da humildade como “limpa-trilhos” tanto para a fé como para a ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-06-05