A ARTE DE FORMAR

CARACTERÍSTICAS DA VISÃO PEDAGÓGICA DE EDITH STEIN

Autores

  • Edimar Fernando Moreira

DOI:

https://doi.org/10.35357/2596-092X.v2n3p75-87/2020

Palavras-chave:

Edith Stein, A arte de formar, Visão pedagógica, Ser humano, Autonomia

Resumo

O presente artigo identifica algumas características da visão pedagógica de Edith Stein e seus desdobramentos no contexto do itinerário formativo da vida religiosa consagrada e do presbiterato. O termo alemão “Bildung” corresponde ao que traduzimos por formação. Significa configurar a alma a aquilo que a pessoa deve ser. Por isso, a pergunta sobre quem é o ser humano é bastante valorizada. Nesse processo, Deus é o mais essencial formador. Em sua liberdade e finitude, o ser humano acolherá ou não a graça divina. O caminho da formação, portanto, é um caminho de autonomia, pois todo formar é um autoformar-se. Assim, a compreensão pedagógica de Edith Stein convida a formação religiosa a compreender o papel primeiro e fundamental da pessoa em seu itinerário formativo.

Downloads

Publicado

2020-02-07